Blog da Casa
Música
02 de março de 2017, às 19h05min
 

Empodera! será realizado no Dia Internacional da Mulher
Evento, que pretende jogar luz sobre temas como empoderamento e machismo, contará com bate papo, intervenções e show de Camila Masiso

 

 

A Casa da Ribeira recebe, no Dia Internacional da Mulher (08 de março), o Empodera! O evento fará parte do circuito mundial de ações em alusão à data e em prol dos direitos das mulheres. O Empodera! contará com roda de conversa, intervenções culturais e show com a cantora Camila Masiso e convidadas. A programação começa às 18h, com entrada gratuita, na Casa da Ribeira.

 

O Empodera! será aberto com bate-papo entre público e convidadas sobre temas como feminismo, empoderamento, machismo e violência contra as mulheres. Em seguida, terá início a performance O Ser de Luana, da artista plástica Luana Cavalcante, que fará uma pintura no corpo de uma mulher ao vivo. Durante todo o evento, também acontecerá a Intervenção Turbo, na qual a artista Marília Negra Flor fará turbantes em quem levar lenço, e ainda venderá as peças da sua marca.

 

Para finalizar o Empodera!, a cantora potiguar Camila Masiso subirá ao palco com cantoras convidadas. A banda base será com Diogo Guanabara (cordas), Henrique Pachêco (baixo) e Rogério Pitomba (bateria). O evento conta com realização do Natal Card. Já a ilustração da arte do Empodera! é assinada pelo designer André Souza.


Sobre Camila Masiso

 

A potiguar Camila Masiso começou carreira solo em 2009. O seu primeiro disco autoral foi "Boas Novas", lançado em 2010. A cantora foi finalista do festival MPBeco, recebeu prêmio Hangar de "Intérprete Revelação" em 2010, ganhou prêmio O Poti, promovido pelo jornal Diário de Natal, na categoria "Artista Popular", após ser a mais votada na internet; participou de duas edições do projeto Parcerias Sinfônicas, do Sesc RN - a primeira edição, na qual foi solista, também levou prêmio Hangar de "Melhor Show do Ano" (2011) - e levou seu talento a países como França, Itália, Áustria, Eslovênia e Estados Unidos.

 

Dividiu o palco com grandes artistas, como Roberto Menescal, um dos criadores da bossa nova, e a cantora mexicana Julieta Venegas. Seu último CD foi Patuá, lançado em 2014 no Teatro Riachuelo sob aplausos da crítica e do público - com uma de suas canções recebendo o segundo lugar a nível nacional no Samsung E-Festival.  Se prepara para elaboração de seu novo disco que começará a ser gravado no segundo semestre de 2017 e acabou de lançar o primeiro single desse trabalho, "Dia de Reis", composição própria em parceria com o instrumentista Diogo Guanabara.


Serviço:

 

O quê? Empodera! será realizado no Dia Internacional da Mulher
Quando? 08 de março, a partir das 18h
Onde? Casa da Ribeira (Rua Frei Miguelinho, 52, Ribeira, Natal/RN)
ENTRADA GRATUITA (retirar ingresso na bilheteria 01 hora antes do evento)


 
(0) Comentário(s)
 
Música
28 de fevereiro de 2017, às 13h23min
 

 

Tributo a Billie Holiday no aniversário da Casa da Ribeira


DATA:
Quinta-Feira, 09/03/2017

HORÁRIO: 20h

LOCAL: Casa da Ribeira

INGRESSOS: R$ 40,00 inteira/ R$20,00 meia/R$ 20,00 antecipada (meia para todos até 06/03) - Vendas: Between / Casa da Ribeira

FORMAÇÃO DO SHOW: Quarteto (voz, guitarra, baixo acústico, bateria)

 

"Lady Sings The Blues - um tributo a Billie Holiday" propõe uma homenagem ao centenário da cantora que se popularizou como a maior diva do jazz de todos os tempos. Atravessando fronteiras, Billie eternizou os grandes clássicos do gênero com interpretação singular e enriqueceu o repertório com composições próprias que ainda encantam os mais diversos ouvintes. Neste espetáculo, Bruna Hetzel procura destacar as diversas facetas desta personagem clássica do jazz, imprimindo-lhes sotaque e sonoridade próprios e contemporâneos. Acompanhada por um quarteto de renomados músicos do cenário potiguar - Jow Ferreira (guitarra), Daniel Ribeiro (contrabaixo), Rogério Pitomba (bateria) - a cantora introduz aos ouvintes fragmentos do universo de Billie, recriando-os e ambientando-os em seu universo particular.

 

A intérprete Bruna Hetzel

Bruna Hetzel iniciou sua trajetória profissional no campo da música há aproximadamente seis anos, quando passou a atuar em múltiplos espaços da cena potiguar. Seguindo a tradição musical delineada pelo avô, o maestro Waldemar Ernesto Hetzel, a intérprete toma por referência a forte tradição da música popular brasileira em especial, a bossa-nova em sua convergência com o gênero jazzístico. Em suas apresentações, busca uma sonoridade particular e intimista, associando o universo poético da MPB ao improviso e criatividade do jazz, agregando à releitura de compositores clássicos e contemporâneos, harmonias próprias e interpretações inovadoras. Em 2012 a cantora ganha destaque no cenário potiguar com o projeto "Influência do Jazz" conquistando excelente recepção de público e crítica especializada, sendo indicada à X (décima) edição do Troféu Cultura Potiguar na categoria Melhor Cantora pela sua atuação em 2012, aprovada como revelação no edital "Novos Talentos" do Festival Bossa & Jazz 2013, e convidada a atuar como cantora solista da SESI Big Band - orquestra de jazz - do Serviço Social da Indústria do Rio Grande do Norte (SESI - RN), com quem atua até maio de 2015. Em 2014, circula por diversos espaços da cena potiguar e seus arredores, consolidando-se como referência do jazz cantado. Como tal, divide o palco com diversos músicos e intérpretes consagrados, tais que: Sergio Farias, Joca Costa, Eduardo Taufic, Babi Mendes, Taryn Szpilman, Claudio Infante, Mark Rapp, Ed Motta e Ivan Lins; integra ainda o espetáculo "O Samba da Minha Terra"- homenagem ao centenário de Dorival Caymmi, sob a regência do maestro Joca Costa. Em 2015, a convite do Fest Bossa & Jazz lança o projeto "Lady Sings The Blues: Um Tributo a Billie Holiday", homenagem ao centenário da lendária diva do jazz americano, que obteve excelente repercussão junto ao público e crítica especializada. Ainda em 2015, estreita parceria com músicos consagrados no cenário local como Joca Costa e Wigder Valle, e participa de espetáculo de Celebração aos 90 anos da cantora potiguar Glorinha de Oliveira, grande estrela da era do rádio. Em 2016, Bruna realiza diversas apresentações, circulando por variados espaços da cena potiguar, lança um novo show só com músicas francesas e se dedica ao desenvolvimento de composições próprias, e em parceria com músicos como Sergio Farias e Caio Padilha, que resultarão na produção de seu primeiro CD.

 

 


 
(0) Comentário(s)
 
Música
29 de fevereiro de 2016, às 08h41min
 
Grupo Vocal Acorde canta O Homem da Feiticeira novamente e em única apresentação
Sucesso de crítica e público, o show é novamente apresentado, agora na Casa da Ribeira dia 05


Estourado em todo o Brasil durante os anos 80, Carlos Alexandre é tema e repertório do show Grupo Vocal Acorde canta O Homem da Feiticeira, que será apresentado dia 05 de março na Casa da Ribeira. O show faz parte da programação de aniversário da Casa, que completa 15 de existência.


Escoltados por banda completa o grupo vocal masculino explora as músicas que marcaram a meteórica carreira de Carlos Alexandre. Feiticeira, A Ciganinha, Arma de Vingança, Fim deSemana e tantos outros sucessos são relembrados e apresentados em novas roupagens com direito a jogos de cena e coreografias. Um presente para fãs de Carlos Alexandre e para quem gosta de música vocal de qualidade. Na ocasião do show, o jornalista Rafael Duarte fará exposição e venda do seu livro O Homem da Feiticeira - A História de Carlos Alexandre, obra biográfica que inspirou o espetáculo.


Carlos Alexandre

Carlos Alexandre é dono de músicas largamente cantadas em todo o Brasil no fim dos anos 70 e durante os anos 80.  "Você é a ciganinha, dona do meu coração..", "Eu fui usado como arma de vingança para fazer o mal ao seu namorado..", "Feiticeira... feiticeira... feiticeira é esta mulher..." são alguns dos versos entoados por este talento e  difundidos por rádios FM e AM's, e programas de auditório importantes como o Cassino do Chacrinha, Clube do Bolinha e Flavio Cavalanti. Em 11 anos de carreira, Carlos Alexandre atingiu a incrível marca de 15 discos de Ouro e um de Platina, números ainda não alcançados por outro artista do RN.


Na manhã do dia 30 de janeiro de 1989 Carlos Alexandre teve sua carreira interrompida quando perdeu a vida em um acidente de carro na estrada que liga São José do Campestre a Tangará. Viveu apenas 31 anos mas deixou sua marca na música potiguar e brasileira.

Grupo Vocal Acorde


Existente há 18 anos, mas há 10 se apresentando em formação exclusivamente masculina, o Grupo Vocal Acorde tem se tornado referência regional na música vocal. Sempre assumindo uma postura irreverente e bem humorada em suas apresentações, o grupo ja reúne dezenas de participações em diversos festivais de coros, principalmente na Paraíba, Pernambuco e Alagoas. Na formação masculina o grupo apresentou os shows Faça Você Mesmo o seu Grupo Vocal (2008), Acorde sem Rumo (2014), Grupo Vocal Acorde e Andrey Azevedo - 10 anos que você nem imagina (2015), realizou  memorável participação no Teatro Riachuelo abrindo o show Cabaré do Rossi (2012), além de ter sido uma das atrações selecionadas para o palco da Fifa Fun Fest durante a Copa de 2014.

 

Serviço:

Show Grupo Vocal Acorde canta O Homem da Feiticeira

Dia 05 de março, 20h

Casa da Ribeira (Rua Frei Miguelinho, 52 . Ribeira)

Ingressos à venda no local  

Preço: R$30 (inteira) R$15 (meia-entrada)

Informações: 3211-7710(`a tarde) / 987346660



 
(0) Comentário(s)
 
Música
14 de dezembro de 2015, às 16h19min
 

 

Adam Evald e Dani Cruz fazem shows "Dancing Heart" e "Intimidade"

Músico Sueco divida a noite do dia 20/12 na Casa da Ribeira com Dani Cruz.

 

 

DANCING HEART:

O músico Sueco Adam Evald, pela segunda vez no Brasil, faz uma aparição relâmpago em Natal, no domingo, 20 de dezembro às 19h na Casa da Ribeira. O show de abertura será da potiguar Dani Cruz.

Adam é um cantor de músicas românticas e melancólicas. Suas canções tratam da morte súbita de um amor; da traição e de como a solidão, por vezes pode nos engolir.

Sim, são músicas tristes, e que tem um ar nostálgico mas, ao mesmo tempo elas tem uma pegada pop de melodia envolvente. A expressividade de Adam, seja através de suas letras e harmonias, ou pelo gestual em cena, prendem a atenção de quem assiste o show.

 

"Há seis meses eu estava numa turnê que deveria ter acabado no Mexico, mas sendo um andarilho por natureza, comecei a procurar passagens baratas e achei uma para São Paulo. Então, eu vim para o Brasil decidido a plantar algumas sementes para o futuro. Em 3 dias consegui 2 shows em SP e 1 no Rio e, mais importante, conheci pessoas incríveis. Agora, passado seis meses, eu volto para uma turnê de mais de 10 shows passando por São Paulo, Porto Alegre, Recife, João Pessoa e Natal. O público pode esperar um show feito com coração aberto, sou uma pessoa muito honesta, canto sem restrições de apresentar meus piores segredos, no entanto eu embalo isso com melodias suaves e pra deixar as coisas mais leves eu conto algumas piadas. Estou muito empolgado em conhecer o nordeste brasileiro. Já ouvi coisas maravilhosas sobre o povo e os músicos daí." Disse Adam.

 

INTIMIDADE:


Em Natal o show de Adam Evald ganha um interessante contraponto. A cantora potiguar Dani Cruz, revelação da MPB local em 2015, traz um show intitulado "Intimidade" onde revela o lirismo das pequenas coisas em músicas que marcam a recente trajetória da cantora.

"É um novo projeto que busca acima de tudo mostrar de forma intimista como a música influência a minha vida, e de uma forma muito bonita, então o público pode esperar um show com um teor poético e sentimental muito forte, com a música sendo a peça principal de conexão entre todos que estiverem presentes." Disse Dani Cruz.


Uma noite única que promete emocionar o público pela sinceridade das interpretações e pelo inusitado encontro da música de dois países tão diferentes.

 

Serviço:

Adam Evald e Dani Cruz

Data: 20/12/15 - 19h.

Local: Casa da Ribeira

Ingressos: R$ 20,00 e 10,00 (antecipado) e R$30,00 e R$15,00(no dia).

Reservas: 84 3211-7710 ou 9 9917-4879

 


 
(0) Comentário(s)
 
Música
25 de novembro de 2015, às 19h19min
 
RELAMPEOU - Alessandra Macedo canta Elino Julião
Show em homenagem a Elino Julião estreia nesta quinta na Casa da Ribeira
Apresentação musical gratuita acontece dias 26 e 27 de novembro

Para render homenagem à cultura nordestina, em especial a norte-rio-grandense, a cantora Alessandra Macêdo apresenta dias 26 e 27 de novembro, às 19h30, na Casa da Ribeira, o show musical RELAMPEOU, no qual dá nova roupagem a clássicos e músicas menos conhecidas de um dos ícones da música brasileira, Elino Julião.

Com direção musical de Diogo Guanabara e participações especiais de Khrystal, Camila Masiso, Gabriel Souto,e banda base formada por Jubileu Filho, Sami Tarik, Zé Fontes, Tiquinha Rodrigues e Carol Benigno, RELAMPEOU faz um passeio pela vida e obra de Elino como compositor e intérprete de forrós, xotes, marchinhas juninas, entre outros ritmos. Sucessos da música popular como “Na sombra do Juazeiro”, “Finja que ainda me quer”, “Meu cofrinho de amor”, “O Relabucho” e “O Forró da Coreia”, dão um gostinho do repertório.
 
“A ideia do show é resgatar e manter viva a obra desse grande representante da música nordestina, reconhecendo a sua grande contribuição para a nossa cultura popular, além de poder levar suas músicas para os que desconhecem Elino Julião, sua obra e seu destaque nacional e até internacional”, explica Alessandra, que para realizar o show fez uma vasta pesquisa na discografia e vida do homenageado.
 
Com patrocínio do Fundo de Incentivo à Cultura 2014 (FIC), da Prefeitura Municipal do Natal e do Sebrae/RN, através do edital Economia Criativa, os shows tem entrada gratuita e os ingressos serão distribuídos uma hora antes do inicio da apresentação.
 
Alessandra Macêdo
Alessandra Macêdo, quem além de cantora é compositora, escritora e psicóloga, se dedica atualmente ao Projeto Pipoca Doce, voltado para o público infantil, ao lado das artistas Camila Masiso e Khrystal. Ela também tem passagens pelo grupo de samba “Vida Alheia” e encabeçou o “Bloco da Madame”, grupo musical que participou de
diversas rodas de samba na cidade, sendo finalista do Festival Universitário da Canção em 2013, com a marchinha “Chuva de Papel”. No mesmo festival, em 2010, Alessandra garantiu o terceiro lugar ao interpretar a música “MeRefrão”, de Eduardo Pandolphi e Luiz Gadelha. Alessandra também tem composições gravadas em CD pelas potiguares Camila Masiso, em seu álbum “Patuá” e Andiara Freitas, no álbum “Samba da Minha Terra”. A artista, que tem interesse pelo canto desde criança, iniciou sua vida musical no coral infantil da Escola de Música da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), onde também cursou o ensino básico de canto e fez um curso de curta duração de canto popular.
 
Elino Julião
Elino Julião nasceu na cidade de Timbaúba dos Batistas, no Rio Grande do Norte e em 51 anos de carreira criou dezenas de sucessos, tornando-se conhecido nacional e internacionalmente. Países como Argentina, Paraguai, Bélgica, Portugal e África o reverenciaram. Iniciou a vida musical nas rádios e clubes em Caicó e Natal, mas logo partiu para o Rio de Janeiro, onde fez carreira ao lado de Jackson do Pandeiro. Também foi ritmista de Luiz Gonzaga e teve parcerias com Dominguinhos, Genival Lacerda, Marinês entre outros. Tornou-se conhecido como um dos artistas que mais participou de coletâneas populares de música junina, com seu forró que é considerado genuinamente "pé de serra". Elino, que é sinônimo de festejo popular, e, cantou com alegria o sertão, trazendo toda
emoção e realidade de quem viveu no Seridó, faleceu em 2006 de aneurisma cerebral, aos 69 anos.
 
Serviço:
Show Musical RELAMPEOU – Alessandra Macêdo canta Elino Julião
Dias: Dias 26 e 27 de novembro
Hora: 19h30
Local: Casa da Ribeira (Rua Padre Miguelinho, 52, Ribeira)
Ingressos: Entrada gratuita (ingressos serão distribuídos uma hora antes do inicio da apresentação)
Informações: 84 3211-7710 
 
(0) Comentário(s)
 
Veja
também:
CATEGORIAS
ACESSE TAMBÉM